Parece que já começam a entender

Parece que já começam a entender como funciona essa coisa dos blogues. É preciso agora acompanhar para verificar como se saem e o que colocam em prática.

Nota importante: vale sublinhar a seguinte frase “começaram a chegar cada vez mais briefings à agência para que fossem desenvolvidos projectos desta natureza”, explicou André Rabanea, director da Torke.

Foi preciso os clientes pedirem!

12 Respostas to “Parece que já começam a entender”

  1. Bruno Amaral Says:

    Têm sempre de ser os clientes a pedir. Não faria sentido a Torke começar com um projecto sem haver procura.

    Não acho é piada à adição do “2.0”. Quando chegar a onda web semântica vão fazer upgrade para a versão 3.0?

  2. FlaviaPM (Fefa-PT) Says:

    Sim, Bruno, concordo que os clientes têm de pedir. Mas acho que me expressei mal.
    O que eu quis dizer é que se demorou muito para perceber o potencial da “novidade” aqui em Portugal.
    E o upgrade, pelo visto, vai ser mesmo necessário!😉

  3. Filipe Marques Says:

    Eu até acho que os clientes não têm de pedir. É suposto uma empresa especializada em marketing ou comunicação estar mais atenta às novas tendências e ao potencial de comunicação que estas apresentam do que os clientes. Por isso, não me surpreende que uma consultora ou agência se chegue à frente com as ideias junto do cliente. Até acho recomendável. Não se trata de haver ou não procura, é uma questão de posicionamento.

  4. FlaviaPM (Fefa-PT) Says:

    Olá Filipe! Obrigada pelo comentário e seja bem vindo.
    Era essa a minha ideia quando escrevi a entrada. Queria mostrar que nem sempre é necessário e preferível que seja o cliente a pedir.
    Mas que acções dessas são sempre válidas pois são inovadoras e demonstram coragem das consultoras/ agências.
    Por outro lado penso que vez por outra era muito mais interessante para os próprios clientes se fossem as consultoras a sugerir as inovações e a convece-los de que é interessante abordar esses novos caminhos.

  5. Filipe Marques Says:

    Concordo plenamente. O grande desafio é separar o trigo do joio. Quando não há muitas “provas” (casos de sucesso, pelo menos), é difícil distinguir entre a boa e a má plataforma, ferramenta, etc. Com todo o hype que se gera em redor de muitas das novidades da Web, é complicado.

  6. FlaviaPM (Fefa-PT) Says:

    Isso mesmo, mas para separar o trigo do joio, como dizes, temos de estar atentos e procurar informações e experiências em lugares onde estão “mais avançados” tais projectos.
    É importante utilizar a própria internet para esse efeito. Já podemos encontrar bons exemplos de aplicação e utilização de social media e blogues corporativos na web.
    Uma sugestão pode ser também o intercâmbio entre profissionais e estudantes do PROpenMic!

  7. Filipe Marques Says:

    Sim. Quanto ao PROpenMic, ainda não o explorei convenientemente… mas, como conceito, tem tudo para dar certo.

  8. Andre Rabanea Says:

    Só respondendo sobre a torke 2.0, vai passar a chamar torke 3.0 quando a web fizer o upgrade.

    Obrigado, se quiserem conversar, sugerir, discutir, estou totalmente a disposição.

    Abraço André

  9. FlaviaPM (Fefa-PT) Says:

    André, obrigada pela visita e pelo esclarecimento.
    Fico é curiosa para saber como está a correr a iniciativa. Tenho algumas questões quanto ao trabalho em si, ou seja, o como utilizam as redes sociais e a blogosfera.
    Algumas das principais questões são o “Measurement” do trabalho e também como será a activação de acções específicas nas mais variadas redes sociais.
    Espero que tenhas visto a acção da LG com os bloggers do Brasil, pois é um bom exemplo.
    Volte sempre!

  10. Andre Rabanea Says:

    Olá flavia, nunca iria falar qeu está a correr mal….lol mas está correndo realmente bem. Dos 5 lientes que queriamos atingir em um ano estamos com 3 (clientes com cabeça aberta).

    Em termos de measurement não é feito em relação a números e sim em pesquisa de mercado, è feito reports semanais do resultado e conteúdo para marca. O objectivo é tentar solucionar o que os bloggers querem ou o que os consumidores na net escrevem em foruns redes sociais e blogs.

    Referente a LG claro qeu vi, estou em portugal mas sou de São Paulo e temos os parceiros de guerrilha e viral lá.

    BJ

  11. FlaviaPM (Fefa-PT) Says:

    Então somo dois Paulistas em Lisboa??
    é bom saber que alguns clientes gostam destas iniciativas e resolvem “entrar de cabeça”. Se todos fossem assim….
    Imaginei que a ideia fosse mesmo mais o monitoramento das social media, pelo menos, era essa a solução que tinha na cabeça.
    Acho que vão num bom caminho.
    Continuem o trabalho!

  12. Mais experiências « Noticiare Says:

    […] bloggers, via email para uma festa de lançamento de produto. Esta segunda iniciativa partiu da já aqui mencionada Torke 2.0. E de acordo com as palavras de Daniel Caieiro “ Estamos a convidar […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: