Excelente vídeo sobre o Facebook

A MTV estrou ontem, nos EUA, um documentário behind the scenes sobre o Facebook. De todos os vídeos diponíveis na internet o que considero melhor é este:
sobre a importância do Facebook na vida das pessoas por diferentes motivos.
Excelente PR 🙂

Mais vídeos aqui

Anúncios

Ele tem razão – e muita!

O meu amigo Pedro Rebelo escreve no seu blog um excelente artigo sobre a Banca e a comunicação na websocial 🙂

Divirtam-se porque ele sempre tão razão.

Momento What…?!

Gestor de Conversação? É mesmo a sério?

Estratégia da Toyota

A Toyota aposta em todos os meios para melhor gerir a crise provocada pelo recall e pela interrupção da produção de alguns modelos nos Estados Unidos conforme notícia publicada no m&m online. Desde entrevistas do presidente da empresa na televisão, compra de espaço publicitário nos principais jornais norte-americanos, até intervenções na página do Facebook para tentar esclarecer consumidores e retomar o market share que perdeu por conta da crise.

Desculpas ao invés do silêncio

Nas últimas semanas tenho observado um aumento no número de mensagens mal formuladas que são enviadas através do Twitter. Empresas e colabores, sem saber como utilizar  a ferramenta, publicam mensagens das quais depois arrependem-se. Foi por isto mesmo que decidi publicar os dois Guias de uso do Twitter direccionando os artigos para os targets geral e empresas.

Mesmo assim, ainda verifico que muito do que é defendido e explicado em tantos sites e por tantos mestres de comunicação em medias sociais como, Brian Solis, Jeff Jarvis, Seth Godin, Tood Defren, Cris Brogan, Steve Rubel etc., não é aplicado pelas consultoras e pelos profissionais de relações públicas cá em Portugal.

Tanto furor e posts e reportagens e críticas sobre o silêncio de Manuela Ferreira Leite ou, outro exemplo pode ser, Pedro Passos Coelho ao enganar-se no nome de um livro e demorar a responder, nos mostram tão e somente que é necessário agir e rápido para responder às questões que circulam na opinião pública.

Acontece que a opinião pública também está presente nas medias socias (e na minha modesta opinião, é muito mais fidedigna e honesta neste meio) e por isto, o que acontece no facebook, no twitter, no hi5 etc. também precisa de rápidas respostas. Como pudemos comprovar no caso da Ford.

Outro ponto importante na comunicação com as redes sociais é admitir erros e pedir desculpas. É necessária muita coragem e humildade para proceder de tal modo e desta vez é Cris Brogan nos traz mais uma lição e nos mostra o Poder das Desculpas.

Aproveitem e aprendam, pensem sobre o caso e vão perceber que há inúmeros casos que conhecem e que poderiam perfeitamente serem resolvidos desta forma. Não custa nada e satisfaz os críticos na maioria das vezes. 🙂

Reblog this post [with Zemanta]

Guia de uso do Twitter – Geral

Desde há mais ou menos três meses que o Twitter está na moda em Portugal e é referido em vários meios de comunicação tradicional como aqui, aqui e aqui.

Muitos novos utilizadores resolveram fazer o registo no site e começar a descobrir do que se trata na prática. Com isso, temos observado alguns erros de principiantes no contacto e relacionamento dentro da rede social e para evitar este tipo de constrangimento aos “novatos” e ajudar a entender como funciona esta nova ferramenta elaborei um rápido guia de utilização.

Baseado em muitos textos encontrados na Internet este pequeno guia é direccionado aos novos adeptos e pretende facilitar o relacionamento no ambiente em questão. Aceito sugestões, críticas e comentários para melhorar o documento. Estejam à vontade.

O que é o Twitter?

É muito mais que somente responder à questão “O que estás a fazer”. É uma forma de relacionamento que permite a troca de links, partilha de interesses, distribuição de notícias, mecanismo de chat, e também um meio de divulgação dos negócios. O exemplo do hambúrguer da Alberta Marques Fernandes mencionado, entre outros, aqui e aqui, mostra-nos como a nova ferramenta pode ser utilizada de formas polivalentes.

Como utilizar?

Antes de tudo é preciso criar um nome de utilizador no site. Vá ao endereço http://twitter.com e faça o registo. É importante que se coloque fotografia e a morada de um sítio em que as pessoas tenham acesso a um perfil mais elaborado (Facebook, LinkedIn, ou mesmo um blogue). Isto porque muitas pessoas simplesmente ignoram aqueles que não oferecem um mínimo de informação sobre quem são. A falta de informações no perfil de utilizador é, inclusive, uma das práticas mais comuns dos spammers. Por isso, tente ao máximo, evitar ser confundido com um utilizador não correcto. Depois é necessário conhecer como funciona e como as pessoas utilizam o Twitter.

1. Adicionar contactos

O primeiro passo é procurar por amigos, colegas de trabalho, ex- colegas de escola etc. para que possa segui-los. O Twitter funciona exactamente como as outras redes sociais, em que se adiciona amigos e contactos. A única diferença é que tais contactos estão divididos em seguidores (followers – aqueles que lêem as vossas mensagens) e seguidos (followings – aqueles a que você acompanha as mensagens).Observe também quais os contactos dos seus contactos para que possa adicionar mais pessoas.

Outra maneira interessante de acrescentar contactos é a lista do TwitterPortugal, sitio da Internet que agrega os utilizadores de Twitter em Portugal registados. Para o registo no TwitterPortugal basta adicionar o contacto. A lista organiza os utilizadores por grupos de interesses, profissionais ou sociais.

2. Bom uso

O bom uso do Twitter consiste no básico das comunicações digitais para qualquer pessoa. É necessário entender que o Twitter é uma ferramenta de micro-blogging e portanto as regras aplicadas aos blogues também devem ser aplicadas ao Twitter. Afinal somos aquilo que publicamos na Internet. Não queremos proceder mal, nem sermos mal interpretados. Muito menos queremos chatear os nossos contactos, que nos são tão importantes. Por isso, seguimos os seguintes passos:

Conhecer para só depois Publicar

A. Conhecer

Alguns sítios da Internet fornecem informações importantes sobre o que está a ser publicado no Twitter.

O TwitterPortugal, já mencionado, além da lista com os portugueses que usam o serviço também oferece a compilação das mensagens enviadas pelos portugueses registados.

O TwitterSearch traz-nos a possibilidade de encontrar todas as mensagens enviadas que contenham uma determinada palavra. Assim como as Hastags facilitam a reunião num único sítio de todas as mensagens com o mesmo assunto. E os sítios Retweetist e Retweetradar nos mostram as mensagens que mais foram reencaminhadas. Já para sabermos quais os termos mais enviados podemos consultar o Tweetmeme, o Twemes, e o Twist entre muitos outros.

Já no que diz respeito aos contactos do Twitter, o Friendorfollow nos mostra quais dos nossos contactos nos seguem de volta e quais dos nossos seguidores ainda não seguimos. O Qwitter denuncia os nossos seguidores que deixaram de nos seguir e a partir de qual mensagem.

Em termos de rankings podemos consultar o Tweetstats com muitos gráficos coloridos, o Twitter Grader, o Twerpscan e mais uma vez o TwitterPortugal, nos tops popular, interessados e activos.

B. Publicar

Há que se aprender sobre outras ferramentas que facilitam a utilização do Twitter. São inúmeros programas que nos enviam as mensagens publicadas pelo Twitter em tempo real sem a necessidade de estarmos com o sítio aberto no browser. Alguns exemplos mais utilizados são: o DestroyTwitter, o Thwirl, e o TweetDeck.

É possível também enviar fotografias, basta apenas utilizar o Twitpic.com. Assim como também podemos enviar os feeds automáticos para o Twitter com o Twitterfeed. Muitas outras ferramentas podem ser encontradas nesta lista, elaborada por Brian Solis. E muitas outras informações sobre a utilização, sites e ferramentas (neste caso chamadas de app) podem ser conseguidas na Internet. Basta apenas estar disponível para procura-las. Mesmo a própria troca de mensagens solicitando ajuda no Twitter pode trazer soluções para muitas dúvidas.

Epílogo

De qualquer forma para resumir:

  • O Twitter é uma nova forma de rede social que permite a partilha de ideias, links, opiniões e uma conversa em tempo real.

  • É fácil de usar mas também muito arriscado para a reputação do utilizador que lhe dá mal uso.

  • Para não errar basta observar, acompanhar e entender como funciona

Depois faça bom uso do Twitter! Espero ter esclarecido e ajudado aqueles que tem dúvidas e se tiver interesse pode acompanhar as minhas mensagens em aqui.

Flávia Paluello é profissional de relações públicas e possui um blogue sobre comunicação e relações públicas 2.0
Reblog this post [with Zemanta]

Afinal, depois da presidencia, vamos ao mainstream

Depois da presidencia ter anunciado que estava a utilizar o twitter, parece que, finalmente a ferramenta passou a fazer parte da rotina dos utilizadores de internet em Portugal. O anúncio foi comemorado e contestado por alguns e as críticas foram prontamente escutadas e atendidas pois além do twitter, passaram a utilizar outras redes sociais.

Chegado então, o twitter, ao mainstream os que não conhecem estão curiosos e a tentar entender como funciona e alguns apenas querem ver onde isto vai parar. Esta semana Paulo Querido publica no seu Certamente! um artigo de Raul Pereira sobre a ascensão do Twitter em Portugal que é um documento a ter em conta. Assim como a wiki do TwitterPortugal. Deem lá uma olhada e aprendam um pouco mais sobre o Twitter.

Reblog this post [with Zemanta]